Conheça todas as histórias

Voltar

Aos olhos do Pai.

O Sonho de ser mãe,foi quem moveu a minha fé,a longa de espera de 5 anos,a cada teste teste feito uma esperança, foram tantos que já nem me lembro mais,tinha algo errado,então resolvi procurar um medico, o primeiro não achou nada,procurei o segundo não achou nada,procurei o terceiro e nada,já ia aceitando minha condição,quando um amigo me disse tenho uma medica,ela ira te ajudar,pensei enviada por Deus,porque já não tinha mais animo, realizei vários exames,constou que eu tinha miomas,fiz uma mini cirurgia,logo apos,realizei mais exames,e constou que minhas duas trompas estavam obstruídas,fiquei arrasada pois tinha duas opção,ou fazia uma cirurgia,e poderia perder as trompas,ou fazia uma vitro,ou uma inseminação,isso caiu como uma bomba,e estava totalmente fora de cogitação,então marquei a cirurgia,um dia antes, na parte da manha meu convenio barrou a minha cirurgia sem motivo algum,conversei com a gerente,e na parte da tarde o convenio liberou,mais já era tarde,pois a cirurgia já avia sido desmarcada,e olha que a mesma estava marcada a dias,então me disseram só no mês seguinte,nossa estava me matando a ansiedade, passado 15 dias comecei a passar mal,não queria ir ao medico,meu marido tinha que ir fazer um exame de vista,então o acompanhei,e acabei passando por um medico,que me solicitou um exame de Beta,fiz mais não esperei o resultado,já sabia,não queria ficar me iludindo,na volta pra casa vindo da casa da minha sogra,então resolvi ver o resultado on- line,não acreditei,no que meus olhos estavam vendo,la estava o meu tanto Positivo,que tinha esperado por anos,mal sabia que seria 9 meses de muito choro e luta,no primeiro mês de gravidez,uma medica me disse que eu poderia não estar gravida,que poderia ser um embrião vazio,queria morrer ali,mais Deus quem tinha me dado,ninguém poderia tirar de mim,no segundo mês descobri uma doença ,toxoplasmose,fui encaminhada para Gravides de Risco,começaria um tratamento,teria que tomar mais de 200 remédios ao mês,meu filho poderia vim com graves sequelas,ate mesmo faltando órgãos,e assim não sobreviver,chorei muito,quase entrei em depressão,eu estava passando por um deserto,mais Deus estava comigo,tive 4 princípios de aborto,toda vez que eu sangrasse eu tinha que ser aplicado em mim uma injeção por causa do meu tipo sanguíneo,meu sangue não poderia em ipo tesse nenhuma se misturar com o do meu filho,a cada ida ao hospital,eu pedia pra Deus não retirar de mim,mesmo não sendo merecedora,no oitavo mês descobrirão em mim uma anemia muito forte,poderia precisar de sangue,comecei a ingerir mais medicamentos,nunca me em portei,meu filho sempre foi e sera a prioridade,meu parto estava marcado para dia 11 de novembro,meu medico optou por não deixar passar de 40 semanas,por causa da minha condição mais foi no dia do casamento de minha irma,07 de novembro,não a vi casar minha casula que tanto amo,foi um parto difícil,muitas horas,meu filho nasceu dia 07 de novembro de 2016 as 14:47 com 3,210. para honra e gloria do Senhor que me deu força pra seguir em frente,a todo momento me protegeu,a mim e a meu filho Davi lucca Cordeiro Leite,por cada lagrima que chorei,por cada remédio que tive que tomar,por cada injeção que me foi aplicada, por todas as vezes que dobrei os meus joelhos ao chão e supliquei a Deus que não me tirasse a vida,eu agradeço porque aprendi que deserto se passa sozinha,minto e no deserto que se tem um encontro com Deus,porque e la que ninguém pode ir pra te salvar,a não ser ele,Deus,hoje eu posso dizer eu Tenho um Milagre em minha casa,olho pro meu filho,e digo você a a prova viva que Deus me ama,e que sempre esteve comigo,primeiro ao me dar um presente,segundo me protegendo pra que nada e nem ninguém tirasse isso de mim,e eu…passaria tudo de novo,só pra ter meu filho em meus bracos e ver esse sorriso lindo outra vez.

Ana Carla cordeiro dos SantosBerim, MG