Conheça todas as histórias

Voltar

Aprendendo a conjugar o amor

Em abril de 2010 fui mãe pela primeira vez de uma menina linda,estava aproveitando a primeira semana como mãe comecei a sentir fortes dores e ter febre alta,fui encaminhada ao hospital e descobrir que fui vítima de um erro médico,tendo quer ser imediatamente submetida a outra cirurgia,não pensava em nada apenas na minha pequena tão indefesa.A cirugia foi bem sucedida,consegui me recuperar e pude acompanhar de perto a minha princesa.Quanto minha filha tinha três anos me divorciei,foi complicado…como me doia ver minha filha sofrer tanto.Fui demitida e perdi a casa q morava,fiquei sem chão só o que me sava forcas era minha filha.No mesmo ano arrumei outro emprego,conheci um novo amor.Um ano após me casei,sai da minha cidade,engravidei e fui mãe pela segunda vez…ah q medo que sentir,tive uma gestação de risco aonde vivia deitada,longe dos meus familiares,minha filha precisava de mim e eu tão. Impotente.Segundo parto,numa tentativa de consertar o primeiro erro médico,algo deu errado,e mais uma vez fiquei entre a vida e a morte,só pensava nas minhas filhas,se moresse elas seriam separadas,ah como pedi a Deus forcas para poder sobreviver e criar juntas minhas princesas,e Deus ouviu minhas preces.Hoje sou a mãe mais feliz do mundo,pedi demissão do trabalho pois faco questão de acompanhar os primeiros passos da minha filhinha,quero dar amor,carinho,atenção…quero aproveitar a chance que Deus me deu de ser mãe.

Jessica Fernandes FrancaPorto Velho, Rondônia