Conheça todas as histórias

Voltar

O nascer de Isabella

Estou aqui para descrever a angústia de uma mãe para ganhar um filho:
No dia 12 de Outubro de 2015, eu acordei as nove horas da manhã sentindo algo diferente. Por ser minha primeira filha, não sabia ao certo o que era. Corri contar pra minha mãe o que estava a acontecer, ela me falou pra esperar e se aumentasse iriamos ai hospital, meu marido estava em Mato Grosso, ele e caminhoneiro, e muito devoto a Nossa Senhora de Aparecia, por coincidência na mesma data.
Liguei a ele, contei o que eu estava sentindo, ele ficou feliz em saber que nossa filha estava a caminho.
Passei o dia inteiro do mesmo modo, nada evoluiu, mas como o doutor já havia me pedido eu estava fazendo acompanhamento médico a um mês, para ver todo o dia para escutar o coração do bebê. Então eu fui ver como minha bebê estava, contei ao doutor ele resolveu me internar, falou que meu bebe nasceria na madrugada do dia 13 de Outubro.
Esperamos ansiosamente a evolução para o nascimento.
Esperei, esperei, e nada . Deu 9 horas da manhã, nada. Até que o doutor apareceu, me pediu uma ecografia para ver como minha bebe estava, mais não conseguia marcar horário , comecei a me preocupar, pensei o que será que ta acontecendo, as enfermeiras andando de um lado pro outro, pensei, deve ter alguém passando mal, eu queria muito ganhar minha princesa de parto normal.
Quando era 13:00 horas, minha mãe chegou e me falou, filha acho que você vai ir para cesárea, desde as 10 horas da manhã, a cada meia hora estava eu lá vendo o bpm de minha bebê,

entreguei nas mãos de Deus.
Pensei o importante e que minha filha nasça com saúde, eu estava bem perdida sem saber o que restava pra acontecer, a enfermeira veio me falou para ficar deitada do lado esquerdo, comecei a ficar muito apreensiva, não aguentava mais esperar, de repente a enfermeira chega na porta de meu quarto e me diz que tenho que me preparar para uma cesarea de emergência porque a vida de minha filha estava em risco, tive 15 minutos.
Então comecei a entender o desespero da enfermeira, era pra conseguir preparar tudo correndo pra minha cesarea, comecei a tremer muito, acho que meu coração foi a mil. Entrei na sala de cirurgia , tinha dois médicos a minha espera, o doutor me aplicou a anestesia, não pegou, eu estava muito nervosa, ele aplicou outra mais forte, tentei relaxar, até que pegou, eles me deitaram em uma maca, começou a me trancar totalmente a respiração, comecei a me sentir muito fraca, eu não conseguia nem falar, toda a hora a enfermeira vinha e aplicava aqueles soro de nariz, mais não adiantava, achei que ia morrer.
O doutor falou para mim que naquele momento ele iria tira minha filha de dentro da minha barriga.
Achei que ia desmaiar, senti uma falta imensa de ar, quando de repente, escuto o choro de minha linda bebe, meus olhos se encheram de lágrimas, me falou o ar, era um choro de felicidade, de alívio, em saber que ela estava bem, quando a vi, chorei mais ainda, em saber que aquele serzinho se gerou dentro de mim, ela estava com uma volta do cordão umbilical no pescoço e outra na perna, se ela tentasse nascer de parto normal, tinha se enforcado, mais graças a Deus, correu tudo bem, obrigado a todos que fizeram parte desse momento, Isabella nasceu com 3170 kg, 47 cm, e as 2:24 da tarde, no dia 13 de Outubro de 2015. Confie, que no final tudo da certo.

Bruna Katielly MariaCantagalo, Parana